domingo, 4 de novembro de 2012

Sob a Perspectiva Dos Esmolantes...


Resolveu esmolar, mesmo sendo discreto milionário e vestiu paletó e gravata, perfumou-se com importado e seguiu com persona agradabilíssima pedindo trocados para almoço e bebidas finas.
Percorreu curto caminho abordando todo transeunte possível e notou que a simpatia do sorriso e o alinho das vestes rendiam mais dinheiro que qualquer dor ou chaga dos desprovidos!
Logo teve bolsos pesados, antes mesmo do estômago ser um incômodo, e decidiu-se pelo almoço forçado em lugar que o cortejo de bajuladores se formava pela suspeita de posse.
Escolheram-lhe a mesa adequada, postaram o prato caro do qual o garfo apenas importunou algumas folhas e grãos, e ao sorver todo o vinho de uma garrafa o coração se alegrou ao ponto de a gorjeta ultrapassar o valor do serviço...
Quando deixou o restaurante a alma havia se expandido em suas perspectivas, e decidiu implorar por doações maiores para, quem sabe, um Porsche novo.


Anderson Dias Cardoso.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...