quarta-feira, 2 de agosto de 2017

O Que Há Por Dentro.

Em seu exercício de arqueologia do autoconhecimento, escavou seu peito em busca dos fósseis de sua criança interior.


Anderson Dias Cardoso.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

No Aperto do Meu Apê.

Morava em espaço tão exíguo, que quando em casa, escrevia qualquer coisa sem ao menos separar as palavras...



Anderson Dias Cardoso.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Cassiopéio Salva o Dia.



Cassiopéio Eduardo de Alcântara nasceu para ser herói. Salvara, por diversas vezes, sua irmã de inimigos imaginários. Aplicou, certa feita e desengonçadamente, a Manobra de Heimlich em sua mãe, evitando a morte por asfixia por conta de um osso do pé de um frango. Enfrentou a cachorrada dos vizinhos salvando um filhote de gambá, fugido de uma daquelas costumeiras queimadas da região. Tudo isso, e muito mais!
Seu projeto (para não dizer sonho) era o martírio em prol de qualquer causa que julgasse nobre. Foi quando veio a guerra, e o se alistar aconteceu quase instintivamente.
De início era daqueles jovens da provisão, ainda que deixasse claro aos superiores sua bravura e espírito belicoso.Carregou rifles, comida,medicamentos...Bem que tentou acertar algum inimigo com algumas das cápsulas que furtara no paiol, porém a miram não era das melhores.
Naquele dia estava entrincheirado. O lugar era bem pouco profundo e improvisado, e uma bomba foi lançada aos pés do tenente Ambrósio,  próximo a uma dúzia de pessoas as quais, por falta de tempo, ou por se encontrarem em seu "contrapé", seriam estraçalhadas por aquele artefato, caso ele não interviesse.
A ocasião era perfeita, o lugar, propício ao salto. O momento era aquele, porém, naquele dia se encontrava meio indisposto.
Abaixou-se, e enquanto ouvia o estouro esperou que houvesse outras oportunidades.



Anderson Dias Cardoso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...