sábado, 9 de janeiro de 2016

Matando as Tuas Crianças.



Deitado ali, corpo baleado e coração feliz. Sabia que não mais precisaria cumprir todas as expectativas as quais a sociedade lançara injustamente sobre seus ombros.
Despediu-se mentalmente de sua família e inutilizou com o próprio sangue a lista de aprovados da Federal, na qual nem de longe constava seu nome.
Ele havia tentado. Os deixava agora, sob as vistas de seus sucessos até aquele instante.
Morreria como herói, não um fracassado, e era isso que importava...




Anderson Dias Cardoso.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...