quarta-feira, 24 de junho de 2015

Um Outro Lugar.

Preparou a máquina, ajeitou os cabos, engraxou as dobradiças da porta que rangia, consultou o display e sentando-se, partiu para o futuro.
Os painéis se acenderam, a estrutura gemeu, e ele passou a enxergar seu derredor como estática; com suas pernas trêmulas e os dentes cerrados para que o coração não saltasse da boca.
O engenho entrou em curto; se incendiou.Ele sofreu algumas queimaduras, perdendo todos os pelos do corpo; no mais, nada mudou!
Exceto que aquela foi uma viagem dimensional, não temporal, e naquele emaranhado de realidades, ele foi parar numa identica à sua!Ele nunca soube do salto.O projeto foi cancelado!




Anderson Dias Cardoso.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...