domingo, 24 de junho de 2012

A TUA VERDADE!


Cansei-me dos fetiches, dos símbolos; pontífices e liberei minha fé para que atraía o alvo de meu amor!
Existindo um Deus transcendente,uma verdade absoluta, eu o buscarei antes que qualquer conselho ou sábio!
Deus!Quero a crueza de Tua verdade, não conceitos alheios ou verdades relativas!Quero teus desígnios em minha existência!
Sim!Sou a coragem que aceita ouvir a VOZ.
Sim!Sou a obediência, mesmo que momentaneamente torta!
Sim!Sou o pragmatismo da fé, que acredita que acreditar não é passividade,mas uma  dinâmica existencial que suporta e transforma o próprio Cosmos!
E eis que vejo Teu Cristo se aproximar, e meus olhos estão pesados de sono!
A carne se desfaz em suas fraquezas, mas os sons de Tua presença continuam seu percurso tranqüilo!
Em breve contemplarei a minhas salvação!
Em breve verei Tua Glória!

Anderson Dias Cardoso.

Um comentário:

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo"-F.P- disse...

Saudade da tua literatura companheiro. Amém férias!
Quanto ao teu escrito, lembrei-me do período clássico e de um poema do Fernando Pessoa, e a propósito vocês têm muito em comum, são GRANDES pessoas. Posso dizer pelos escritos, hehe...
Palmas, Palmas...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...