domingo, 2 de dezembro de 2012

O Homem Que Viu O Amanhã.

É claro que inicialmente houve o dom de previsão, ao qual consultava de acordo com suas conveniências, cuidando sempre em ignorar mortes inevitáveis e sofrimentos de suas estimas!
Mas a novidade sobrenatural que o conduziu à riqueza e notoriedade furtou com toda aquela previsibilidade o prazer da surpresa e fatalidade ao longo dos dias de seus ofícios.
Então o vidente, entristecido surtou em esquizofrenia.
A família inicialmente omitiu o tratamento, pois a alta conta de seus patrícios bem poderia ser ofuscada pela notícia da loucura parental do que antes havia sido consultor e conselheiro bem remunerado de tantos notáveis!
O homem do dom, desgostoso de sua identidade oracular, atentou contra sua própria vida tantas vezes que o dispêndio de fortunas em cuidadores e tratamentos não ortodoxos se fizeram necessários para tentar ascender os ânimos e reavivar suas fagulhas divinatórias!
À despeito dos esforços os responsáveis se viram diante de uma carcaça vazia de vontade, e aquela alma perambulava, com seus olhos vagos e trejeitos fantasmagóricos, insuportáveis aos reminiscentes dos dias sãos...
A internação foi inevitável e a transferência aliviou muito aos que não partiram.
Já no limiar do novo abrigo o homem abandonado sorveu a pouca estranheza do edifício e conteúdo, e lá sentiu que seus povos se revolviam dentro de suas órbitas relacionais, interferindo, se expandindo e contraindo emocionalmente de acordo com os outros padrões de lucidez e loucura à disposição dos contatos.
Uma vez liberto de todas as convenções sociais, e diante da aleatoriedade comportamental dos parceiros de psicose se maravilhou com as inquietações dos possíveis futuros mutantes de tais loucos!
E foi quando um dos furtivos fugiu ao padrão linear de destino e o abraçou solidário que notou que às vezes o futuro não faz qualquer sentido, e o mais novo enfermo local sorriu deliciosamente após tantos dias!


Anderson Dias Cardoso.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...