domingo, 6 de maio de 2012

Um Padeiro e Um Filho.


Primeiro a vizinhança ficou sabendo da demissão do morador da casa 173, e logo após alguns dias já era percebida a diminuição da freqüência do infeliz em qualquer estabelecimento.
Era homem direito, sistemático por criação, e quando os encontros de renegociação com os credores deram indícios de que um emprego não surgiria tão cedo, apesar dos esforços, logo passou a andar cabisbaixo, oprimido pela vergonha!
Não demorou, abandonou qualquer contato exterior.
Havia um filho, de idade de relativa responsabilidade, e este foi escalado para intermediar os acessos aos mantimentos e contatos indispensáveis.
Saia com freqüência pouco maior do que a do pai, e dos lugares imprescindíveis, a padaria era visitada diariamente.
Sentia saudades da fartura de outras épocas, e ao invés das quitandas de massas leves, o leite tipo A e o pudim que sempre reluzia seu amarelo densamente saboroso; pedia ele um pão único para a fome tripla.
De início o padeiro não se perturbou, porém, quando se afinaram um pouco os braços e amareleceu a tez do rapaz o coração do homem o lembrou de sua caridade:
-Toma estes pães para teu pai, tua mãe e para aliviar tua fome!
-Perdão senhor, mas nossa pobreza não o diz respeito; e ao aceitar esmola envergonharia ainda mais meu velho diante dos vizinhos!
-Digo-te que nada direi à outra pessoa!Minha boa vontade não espera aplausos!
-Talvez mesmo meu pai se encabule em agradecer-te tamanha generosidade, e se negue em entrar novamente em seu negócio!
-Deixe que faça como quiser!Já foi afligido demais pela suas próprias misérias!Toma estes, e amanhã volta cá que lhe darei dois pães por cabeça!
-És o último dos generosos, senhor padeiro!
-E tu, és um filho digno de orgulho por defender os brios de seu genitor!
O garoto sorriu, e partiu pelo caminho mais demorado.
Quando chegou não mencionou a conversa, culpou as amizades pelo atraso, e dividiu um único pão com seus raquíticos pais.
Assim, persistiu a trapaça até o dia de um novo emprego...  

Anderson Dias Cardoso.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...